O Minas Trend completou uma década de existência em 2017, em sua vigésima edição, o evento é considerado uma das principais plataformas de lançamentos e negócios do país.Os dez anos de trabalho com a cadeia produtiva do setor foram escolhidos como tema de inspiração – com destaque para as ações de reposicionamento e qualificação da produção mineira de vestuário, calçados, joias, bijuterias e acessórios.


A simbologia adotada para esta edição, batizada de “ano.dez”, mostra a história do evento e seus temas, como evolução, transformação, liberdade, fertilidade e continuidade. A década de realizações para a indústria da moda mineira esteve na concepção visual do evento, desenvolvida pelo escritório Pedro Lázaro Arquitetura. O ciclo evolutivo das borboletas foi usado para apresentar o trabalho feito pela FIEMG em parceria com as empresas e profissionais da cadeia produtiva da moda.

fonte: minastrend.com.br

Tradicionalmente poderíamos ver nos desfiles desta edição as tendências para a Primavera-Verão 2018, mas com o atual cenário econômico o evento veio com a proposta “see now, buy now” (da mesma forma que o SPFW), onde os lojistas podem comprar as peças desfiladas a pronta entrega.

Sendo assim, vimos muitas peças invernais no desfile de abertura com muitoo preto.Uma tendência que eu vi muito em São Paulo e que achei que já esta saindo um pouco de cena é o veludo, nunca fui muito adepta e posso dizer que não estou nem um pouco triste dessa moda não ser polongada, rsrs.

Agora vou mostrar para vocês os meus looks escolhidos para usar nesta edição e as tendências que explorei.

Para a festa de abertura apostei no #allwhite e transparência com um macacão da marca Strass.Ainda bem que a renda ainda não saiu de cena porque eu amo, estou em uma fase de transição com meu estilo e preferindo peças que escondem mais a pele.

Para o primeiro dia de evento escolhi um vestido midi que é novidade no meu guarda roupa, sempre fui resistente a este comprimento por causa da minha altura mas é o comprimento mais elegante que existe não é?! Para não me deixar achatada optei por uma versão mais justa e sapatos da mesma cor do vestido para alongar.Os recortes dão todo o charme para esse pretinho que não passa despercebido da marca Skunk.

Para o lançamento do livro Moda a Brasileira escolhi um look da minha marca queridinha que vocês já conhecem, a G.Giordano.Um look clean mas que tem sua personalidade, achei que faltou um colete de pelos para completar o visual mas, na duvida, aposte nos conjuntos que não tem erro. 😉

Para o ultimo dia de desfiles escolhi um vestido da Unity 7 para assistir ao desfile da marca.A Unity é uma marca de vestidos de festa lindíssimos e bem estruturados, apostei no couro para quebrar a formalidade do vestido e deixar ele com uma pegada mais cool e descolada para o evento.

O que acharam das minhas escolhas? Como falei para vocês estou em uma fase de transição com o meu estilo, acho que por causa da idade, meio em crise sabe? hahaha.Mas vou falar mais sobre isso em outro post.

Beijinhos e obrigada por visitar o blog! s2